6 provas de que a igreja ainda é machista
7 de fevereiro de 2017
O dilema da mulher solteira
16 de fevereiro de 2017

Acredite: Deus não é machista!

Deus não nos criou para sermos inferiores aos homens (Gn 2:18). Ele não nos obriga a casar nem a ter filhos (1 Co 7:6). Mas, quando casamos, Ele não quer nos ver anuladas pelos nosso maridos. Nem vivendo como escravas do lar.

Deus não quer que tenhamos uma vida infeliz suportando um casamento fracassado até o fim dos nossos dias (Ec. 9:9). Deus quer que homens e mulheres encarem um casamento com seriedade, responsabilidade e maturidade (Ef. 5-21-33).

Deus não quer que sejamos obrigadas a abandonar nossas carreiras para cuidar da casa. Mas também não quer que sejamos obrigadas a trabalhar fora e abandonar nossa família. Deus não quer nos obrigar a nada. E Ele sabe que existe um meio termo entre esses dois extremos.

Deus não se importa se somos magras, gordas, brancas, negras, jovens ou idosas. Deus não exige que tenhamos uma mesma personalidade estereotipada, considerada ideal para mulheres. Foi Ele quem nos criou diferentes! Para Ele, mais importante que a nossa aparência física é o nosso interior (Mt. 23:27-28).

Deus não quer que sejamos hostilizadas no mercado de trabalho. Não quer que trabalhemos mais para ganhar menos nem quer que nossos chefes nos obriguem a abrir mão da nossa família para nos dedicar ao trabalho.

Deus não limitou nossa inteligência nem nos destinou a áreas específicas do conhecimento. Ele nos fez, mulheres e homens, igualmente capazes para estudar e se destacar naquilo que gostamos.

Deus não quer que sejamos julgadas nem insultadas nas ruas por causa dos nossos corpos ou das nossas vestimentas. Deus não quer que sejamos abusadas sexualmente nos ônibus, trens e metrôs da cidade, nem pelos nossos pais, padrastos, tios, primos, vizinhos ou até mesmo maridos. Deus não nos criou para sermos objetificadas e tratadas como mercadorias.

Deus não é machista. Por favor, parem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *